Pages

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Ginásio ⤫ Culto do Corpo ou da Vaidade?


Não foi só a minha alimentação que mudou. Após anos a desejar fazê-lo, finalmente ganhei coragem e inscrevi-me num ginásio. Passaram-se quase três semanas e não podia estar mais satisfeito com a decisão. Dito isto, já tenho muita coisa a comentar.

Logo na primeira ida percebi que estava a entrar numa espécie de zoológico desportista. Há pessoas de todos os tipos e feitios a pavonearem-se pelo auditório que está dividido por diferentes habitats. Temos os búfalos que parecem seguranças de discotecas; as hienas que andam sempre em duplas e só vão lá para tirar fotos para partilhar nas redes sociais que são super activas; as preguiças que se arrastam para lá mas depois ficam a engonhar enquanto estão às mensagens; as avestruzes sénior que não perdem a oportunidade de se fazerem aos jovens instrutores e claro, os porquinhos da índia recém-chegados que, como eu, não percebem nada daquilo e só querem passar despercebidos.

No meio desta selvajaria, existe um elo de ligação entre todas as espécies: os espelhos. Numa espécie de ritual religioso, parece ser impossível levantar um peso sem apreciarem o seu reflexo no processo. Sim, compreendo perfeitamente o quão útil pode ser vermos se estamos a executar correctamente os exercícios, mas aquilo que eu vejo é algo de... surreal. 

Enquanto corria pela minha vida na passadeira comecei a pensar mais a fundo sobre esta questão. Muito se fala do "culto do corpo" mas até que ponto não passa isto de pura vaidade? A busca pelo corpo perfeito atinge tanto as mulheres como os homens. Só que o exagero pode desenvolver um distúrbio psicológico conhecido como a vigorexia - insatisfação constante com o corpo, levando à prática exaustiva de exercício físico.

Como referi, isto não é mais que uma reflexão sobre algo que tenho observado diariamente. Não significa que seja o caso ou regra geral. Apenas considerei peculiar a aparente obsessão que certos indivíduos têm com o seu próprio reflexo. Quando já estão em modo armário e são incapazes de executar um único passo sem olharem para eles mesmos, roça o narcisismo. No balneário ainda compreendo porque estão a contemplar os frutos do seu trabalho, faz sentido e provavelmente se algum dia chegar à forma que pretendo, farei o mesmo. Mas tudo depende do contexto e maneira de como se faz.


 Frequentam um ginásio? Já se tinham apercebido deste fenómeno? É vaidade?

9 comentários:

  1. No ginásio nunca vi, mas quando vou correr ao ar livre noto um pouco isso... existem pessoas que vão "fazer desporto" só mesmo para as redes sociais e dar aquele ar de pessoa saudável para a sociedade... enfim! Há muito boa gente que faz coisas só para ficar bem na fotografia :)

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Identifico-me completamente com a tua reflexão, é exatamente o que eu vejo nestes poucos meses de ginásio, mas porque comecei a fazer kickboxing. Gente que já não balofas mas insistem em aumentar a massa muscular como se fosse uma competição. Sou como tu, tento passar despercebido ahaha
    Abraço
    https://escritalhadaa.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Opah! Frequento vários ginásios e não tenho nada o culto do espelho. Pelo contrário, o meu PT está-me sempre a dizer para olhar para ele por uma questão de corrigir a postura, perceber o que o corpo está a fazer e corrigir... ver como estou diferente. Mas a realidade é que acabo sempre por olhar para os meus ténis. Tenho ténis muito atraentes, aparentemente. =p

    Mas eu sou um bicho estranho =P

    Um beijinho dourado,

    Catarina

    ResponderEliminar
  4. oi, oi.

    nunca havia lido nada sobre vigoraria, vou pesquisar mais sobre pq tenho de tá passando por isso. óbvio que estar insatisfeito com o próprio corpo é algo "normal", mas tem de ter limites, né? tu tem um extremo!

    as tuas observações sobre os tipos de pessoas na academia/ginásio foram ótimas. é por ai mesmo. tem gente de todo tipo. eu mesmo passo longe de espelho. to mais pra porquinho da índia. huahauhaua.

    Não me venha com desculpas

    ResponderEliminar
  5. achei mesmo curiosa e hilariante a tua observação
    acho que em ginásios isso se torna mesmo evidente e pode ser mesmo verdade mas em desportos coletivos ou mesmo aulas coletivas de dança, TRX ou crossfit acaba por passar um pouco despercebido pois esse passa a ser um objetivo secundário
    falo por mim, faço desporto porque tenho mesmo necessidade de me sentir ativa mas claro que também gosto muito de ver os resultados a aparecer
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Chegou a um patamar mesmo de goals impossíveis... uma preocupação do externo em vez de trabalhar na beleza interna também.

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  7. Adorei a tua descrição do ginásio, porque realmente é isso que acontece..

    ResponderEliminar
  8. Eu ando no ginásio há três meses e continuo a considerar-me um "porquinhos da índia" na parte de só querer passar despercebida. Exatamente por isso e talvez por não me aproximar muito da zona da sala de fitness com espelho (que é onde costumam andar os body builders) não vejo muito disso, mas admito que já reconheci alguns dos outros tipos de pessoas que frequentam ginásios

    ResponderEliminar
  9. Já frequentei um ginásio por um ano, mas tive de desistir. Não gostava nada do ambiente, basicamente ficávamos à mercê do nosso destino, e ter de encarar pessoas que supostamente tinham o corpo "perfeito" não era para mim.

    No entanto, quando descobri um outro conceito de ginásio, passei a apreciar exercitar e, inclusive, apreciar-me no espelho. Não só para me certificar de que faço as coisas bem, mas também para me sentir motivada ao observar aquilo que já conquistei. Há quem leve isto muito ao extremo- lá está, a questão da vigorexia -, mas nem sempre é mau.

    Atualmente, consigo exercitar em casa, não obstante a vontade de voltar a praticar desporto que não danças e basquetebol, e tem resultado! :P

    LYNE

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...